Sala de imprensa

Estudantes de todos os estados estão na final da Olimpíada de História da Unicamp

Em 20/06/22, por Assessoria de Imprensa

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) anunciou na última quinta-feira (16/6) os estudantes de escolas públicas e particulares que estão na final da 14ª Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB). Ao todo, 320 grupos de todos os estados irão concorrer a medalhas de bronze, prata e ouro.

Após dois anos em formato online, a grande final da ONHB será presencial na Unicamp, em Campinas-SP, nos dias 20 e 21 de agosto.

A região Nordeste é a que tem maior número de equipes na final, com 213 grupos. Destacam-se os estados do Ceará, com 83 equipes, Pernambuco, com 46,  Bahia, com 30 equipes. Na sequência, estão Rio Grande do Norte, com 28 equipes, Sergipe, com 11, e Paraíba, com 9.  Alagoas, Maranhão e Piauí contam com duas equipes cada na final. 

Quanto às outras regiões do país, São Paulo é o estado com maior número de finalistas, um total de 41 grupos. Em seguida, está Minas Gerais, com 15. 

Neste ano, a ONHB recebeu inscrições de 11,4 mil equipes, totalizando mais de 73 mil pessoas. Participam da Olimpíada, estudantes dos 8º e 9º anos do Fundamental e do Ensino Médio, em grupos compostos por três alunos e um professor. 

“Estamos bastante otimistas com a retomada da final presencial da ONHB. Essa é uma experiência muito importante para as equipes, pois é uma oportunidade de conhecerem uma universidade importante como a Unicamp e interagirem com estudantes de todo o Brasil”, explica Cristina Meneguello, coordenadora da ONHB e professora do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Unicamp (IFCH).

Sobre a Olimpíada de História

A ONHB conta com seis fases online, que foram realizadas nos meses de maio e junho, com duração de uma semana cada. As provas dessas etapas incluíram questões de múltipla escolha e realização de tarefas, que podem ser elaboradas pelos participantes com base em debate com os colegas, pesquisa em livros, internet e orientação do professor. 

Na final, as equipes farão uma prova dissertativa no sábado (20/8). No dia seguinte, no domingo, serão anunciados os grupos medalhistas em uma cerimônia festiva, no Ginásio da Unicamp. Serão entregues 15 medalhas de ouro, 25 de prata e 35 de bronze. As equipes que não forem premiadas receberão medalha de honra ao mérito.

Além de temas sobre a História do Brasil, a ONHB apresenta questões que permeiam assuntos interdisciplinares, como geografia, literatura, arqueologia, patrimônio cultural, urbanismo, atualidades etc. 

“A ONHB é uma importante ferramenta de ensino de História do Brasil e estimula a análise crítica dos estudantes. Também contribui para a preparação de alunos para vestibulares, concursos e exames, como o ENEM”, acrescenta Meneguello.

A competição também faz parte do edital ‘Vagas Olímpicas’ da Unicamp. De acordo com o desempenho, os participantes podem concorrer a duas vagas no curso de graduação em História da Unicamp, sem passar pelo  vestibular. 

A ONHB é realizada com apoio do Departamento de História da Unicamp e da Associação Nacional de História (Anpuh). Conta com a participação de docentes universitários, alunos de graduação, mestrandos e doutorandos.

 

Contato Assessoria de Imprensa

assessoriadeimprensaonhb@gmail.com

    Outros releases e clippings

    Assessoria de Imprensa ONHB

     

    assessoriadeimprensaonhb@gmail.com

    Contato: Bruna Mozer

    Site desenhado, construído e cuidadosamente mantido pela Preface.