Olimpíada de História inicia 6ª fase com 2,1 mil equipes de todos os estados

De volta à lista

Em 24/10, por Assessoria de ImprensaONHB12

A 6ª fase da 12ª edição da Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB) teve início neste sábado (24/10) com a participação de 2.136 equipes de todos os estados brasileiros. Realizada pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), a competição conta com seis fases e teve início com um total de 17,4 mil grupos inscritos.

Nesta fase, o Ceará é o estado que tem mais equipes na competição: um total de 500. Em seguida estão São Paulo, com 432 grupos, e Rio Grande do Norte, com 265.

Todas as equipes que entregarem a tarefa da fase 5 automaticamente seguiram para a fase 6. Na 6ª etapa, todos os grupos corrigirão os trabalhos de outras equipes, como é chamda a  "correção por pares". Paralelamente, será feita a verificação da “qualidade da correção” pela banca da ONHB.

A partir daí, serão classificadas no mínimo 400 equipes. As tarefas dos finalistas serão corrigidas por uma banca da Comissão Organizadora (composta por elaboradores da prova) e, a partir dessa correção, gerada a lista de medalhistas.

Por causa da pandemia do coronavírus, a ONHB recebeu algumas alterações, incluindo mudanças no calendário. A competição que seria realizada no primeiro semestre foi transferida para os meses de setembro e outubro.

 

Mudanças e formato da prova

ONHB é realizada tradicionalmente de forma online, com apenas a fase final presencial, o que se tornou inviável neste ano por questões de segurança. Para isso, a plataforma da prova foi adaptada para uma tecnologia que facilita a navegabilidade pelo celular e reduz, ao máximo, o uso de dados. Os participantes também poderão realizar a prova de forma offline e usar a internet somente para fazer o envio das respostas.

O anúncio dos medalhistas, realizado tradicionalmente em uma grande final em Campinas-SP, será feito por meio de um vídeo publicado nas redes sociais. Haverá, no mínimo, 400 equipes finalistas – o dobro dos anos anteriores -, com distribuição de 20 medalhas de ouro, 30 de prata e 40 de bronze. As medalhas e brindes serão enviados às escolas.

A participação ocorre em equipe – formada por um professor de História e mais três alunos dos ensinos Fundamental (8º e 9º anos) e Médio de escolas públicas e particulares. As respostas (questões de múltipla escolha e realização de tarefas) podem ser elaboradas pelos participantes com base em debate com os colegas, pesquisa em livros, internet, orientação do professor, além de uma gama de documentos e referências oferecidas.

Confira o número de equipes por estado no mapa:

Site desenhado, construído e cuidadosamente mantido pela Preface.