Participação em olimpíadas escolares ajuda alunos na escolha da profissão

De volta à lista

Em 27/03, por Assessoria de ImprensaONHB10

A participação de estudantes em olimpíadas escolares, como a Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB), é uma ferramenta eficiente que contribui para maior segurança e autoconhecimento de pré-vestibulandos.

Thaiz Freitas, ex-olímpica e formada em História Thaiz Freitas, ex-olímpica e formada em História

Projeto desenvolvido pelo Departamento de História da Unicamp, a ONHB completa 10 anos em 2018 e soma dezenas de casos de ex-participantes que descobriram habilidades e a vocação profissional durante a competição.

Este é o caso da Beatriz Varanis, de Foz do Iguaçu, e que cursa História da América Latina na Universidade Federal da Integração Latino-Americana. A escolha da profissão foi influenciada pela ONHB. “A participação na olimpíada confirmou o meu desejo de se tornar uma historiadora. Foi decisivo para mim.”

A influência da ONHB foi além e a estudante criou a página no Facebook “As Mina da História” – com quase 500 mil curtidas – para dar visibilidade às mulheres que contribuíram com sociedade. Beatriz participou da olimpíada quando estava no último ano do Ensino Médio, em 2015, e uma das questões abordava a história da Maria Bonita, primeira mulher a fazer parte do cangaço. “Foi aí que descobri que nada ou pouco se sabe a respeito das mulheres que contribuíram com a História da humanidade. Sou muito grata à ONHB por esse conhecimento que influenciou na minha decisão e neste projeto.”

A Olimpíada de História soma diversos casos como este. A ex-competidora Thaiz Freitas, de Campos dos Goytacazes, formou-se em História pela Universidade Federal Fluminense no ano passado e já iniciou mestrado na mesma área. “A Olimpíada sempre trazia propostas de trabalhos diferentes e fez com que passasse a enxergar História como um instrumento de transformação da realidade. Naquele momento eu já sabia que era o que eu queria fazer para o resto da vida. Tornar a História mais próxima das pessoas e contribuir para a formação de seres humanos mais críticos e sensíveis”, conta Thaiz.

Para a coordenadora da ONHB e docente da Unicamp, Cristina Meneguello, a participação em atividades extraclasse contribui para que esses jovens tenham acesso a informações diferentes ao que veem em sala de aula. "A olimpíada de História atrai aqueles que buscam se preparar melhor para os conteúdos das provas de história, redação, sociologia, filosofia, literatura e até mesmo geografia. São os que buscam carreiras de alta demanda nos vestibulares e ENEM e que precisam se destacar em todas as áreas”, afirmou.

O acesso a este outro universo inspira os participantes para diversas profissões. O estudante Arguipo Góes, do Amazonas, participou de três edições da ONHB e foi depois disso que decidiu cursar Jornalismo – ele está matriculado no Centro Universitário do Norte com bolsa integral após boa classificação no ENEM. “A cada fase que íamos passando na Olimpíada, percebia o quanto era importante o processo de escrever histórias, principalmente daqueles que um dia foram oprimidos. Sem o jornalismo e os historiadores não seria possível saber o que aconteceu no passado”, afirma.

Inscrições para Olimpíada de História estão abertas até dia 24 de abril

A Olimpíada Nacional em História do Brasil é um projeto realizado pelo Departamento de História da Unicamp. Em 2018, em sua 10ª edição, consolida-se com uma importante ferramenta de aprendizado do ensino de História. Com uma proposta totalmente inovadora, tem como objetivo incentivar o desenvolvimento da análise crítica e discussões sobre os mais variados assuntos através de pesquisa, da busca por informações, textos, imagens e mapas. Podem participar alunos dos 8º e 9º anos do Ensino Fundamental e todos os anos do Ensino Médio. A participação ocorre em equipe (três alunos e um professor) em seis fases online e uma presencial. Tem apoio do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) e do Programa de Pós-Graduação em História da Unicamp. 

As inscrições estão abertas até dia 24 de abril e devem ser feitas pelo site.

Informações: Asssessoria de Imprensa

Contato: assessoriadeimprensaonhb@gmail.com

Site desenhado, construído e cuidadosamente mantido pela Preface.