Olimpíada de História atinge recorde e soma 73 mil inscritos em sua 11ª edição

De volta à lista

Em 01/05, por Assessoria de ImprensaONHB11

A 11ª edição da Olimpíada Nacional em História do Brasil atingiu número recorde de inscritos, com um total de 18,4 mil equipes cadastradas, o que representa 73 mil participantes de todos os estados brasileiros. O número é quase 30% maior do que foi registrado em 2018 quando 14,4 mil grupos participaram da competição.

As inscrições foram encerradas no último domingo (28) e a primeira fase da ONHB tem início na próxima segunda-feira, dia 6 de maio. Ao todo, são seis fases online com duração de uma semana cada e que encerram no dia 15 de junho. Já a final presencial está marcada para os dias 17 e 18 de agosto e ocorre na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Os participantes poderão acessar a prova a partir da próxima segunda-feira no site da Olimpíada de História, informando o login e senha (clique aqui). Os grupos terão até as 23h59 de sábado para entregar as questões respondidas e serão informados se seguem para a próxima etapa na segunda-feira seguinte, também pelo site da ONHB. Todas as etapas online iniciam na segunda-feira e encerram aos sábados às 23h59. 

O que é a Olimpíada de História

A Olimpíada de História é um projeto desenvolvido pelo Departamento de História da Unicamp, possui um formato totalmente original e voltado para professores e alunos dos ensinos Fundamental (8º e 9º anos) e Médio de escolas públicas e particulares.

A participação ocorre em equipe – formada por um professor de História e mais três alunos. As respostas (questões de múltipla escolha e realização de tarefas) podem ser elaboradas pelos participantes com base em debate com os colegas, pesquisa em livros, internet, orientação do professor, além de uma gama de documentos e referências oferecidas.

O principal diferencial da ONHB em relação a outras competições é que ela não exige que os alunos tenham conhecimento do assunto previamente, uma vez que a metodologia permite que a equipe discuta, pesquise e analise as questões entre si, com apoio do professor. Além disso, por meio dos conteúdos e do estudo aprofundado dos temas em História do Brasil, a Olimpíada ajuda a preparar os participantes para vestibulares, concursos e prova do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio), entre outros.

O projeto tem apoio do MCTIC (Ministério da Ciencia, Tecnologia, Inovações e Comunicações) e do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) e é desenvolvido pelo Departamento de História por meio da participação de docentes, alunos de pós-graduação e graduação.

 

Com informações: Assessoria de Imprensa ONHB

Site desenhado, construído e cuidadosamente mantido pela Preface.